Pesquisas colaborativas

Instituto de respiração e sono (IBAS), Hospital Austin, Victoria, Austrália

O dr. Mark Howard, no Instituto de respiração e sono (IBAS) está utilizando a Optalert para comparar as medições oculares de estado de vigilância entre controles saudáveis, pacientes com apneia obstrutiva do sono e trabalhadores por turnos e a relação deles com o risco de acidentes.

A Optalert também está sendo utilizada para avaliar as medições oculares de estado de vigilância após a ingestão de benzodiazepina e álcool.

Real Força Aérea Australiana (RAAF) Institudo de medicina de aviação (AVMED)

Um sistema de detecção de sonolência para pilotos: OPTALERT
A Optalert tem trabalhado com a AVMED desde janeiro de 2007 para desenvolver uma versão portátil do sistema de veículos da Optalert, para uso no setor de aviação.

Um teste de prova de conceito foi realizado em um simulador dinâmico de voo configurado para uma aeronave PC9 e concluiu-se que a Optalert possui o potencial para ser incluída em sistemas de gerenciamento de risco de fadiga para tripulações de aeronaves.

As descobertas foram publicadas por MA Corbett no Journal of Aviation, Space, and Environmental Medicine, fevereiro de 2009.

 

Escola de psicologia, psiquiatria e medicina fisiológica, Universidade Monash, Victoria, Austrália

Uma investigação de sonolência na direção em trabalhadores por turnos no hospital em períodos noturnos e pacientes com distúrbios do sono: O estudo de direção sonolenta da Monash:
A Universidade Monash está conduzindo um estudo piloto utilizando uma versão portátil do sistema de pesquisa da Optalert para investigar os níveis de sonolência em trabalhadores por turnos durante suas viagens rodoviárias de ida e volta do trabalho. Liderado pela professora adjunta Shantha M.W. Rajaratnam, esta pesquisa poderia fornecer a evidência objetiva do impacto causado pelo trabalho por turnos na fadiga e risco de acidentes. A Professora Shantha M.W. Rajaratnam também é uma professora de medicina da divisão de medicina do sono na Faculdade de Medicina de Harvard (EUA) e neurocientista associada à divisão de medicina do sono no Hospital Brigham and Women's (EUA)

 

 

Departamento de psicologia da Vrije Universiteit Brussels

Monitoramento objetivo de sonolência durante viagens prolongadas
O professor Raymond Cluydts, junto do grupo de pesquisas de psicologia biológica, conduziu um experimento sobre direção sonolenta em maio de 2010, no qual motoristas utilizaram óculos da Optalert para monitorar continuamente seus níveis de sonolência durante uma viagem prolongada de 800 km.